No Sopé da Montanha o Arbusto Verga mas não Quebra

Todas as Descrições são Pecaminosas

segunda-feira, fevereiro 04, 2008

Vida Madastra



Ri

E tudo estará bem
Terás amigos, amiguinhos
Aconchegados conhecidos
Alguns ditos do coração
Contigo todos estarão

Contigo ri o mundo
Tudo é luz, sol e vida
Reina a paz, a harmonia
Que vives tão esfusiante
Nesse mundo tão inebriante
Sentes-te que nem um gigante

Chora

Lamentarás o chão que pisas
O sol, o amor, de outrora
Os amigos desconhecidos
A vida a luz esmorecida
Alma de anã envelhecida

Sozinho lágrimas sofridas chorarás
A morte do teu filho, de teus pais
A dor de morte, do irmão fenecido
Nu, à dor desolado te encontrarás
Os amigos do coração também se vão
Mas, sozinho do chão, te elevarás

(Há dores que só se choram sozinhos)

1 Comments:

  • At 15/2/08, Blogger Professorinha said…

    Há dores que nem merecem ser choradas, há dores que merecem ser deitadas para trás das costas...

    Beijos

     

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home