No Sopé da Montanha o Arbusto Verga mas não Quebra

Todas as Descrições são Pecaminosas

sábado, dezembro 09, 2006

Palavras Ilícitas



Negas-me, o sorriso
O brilho do teu olhar
Ilícitas-me o verbo amar
Que eu quero ligar
No Tempo e no Modo,
Na Pessoa e no Número
Que o prejuízo
Só me faz evitar
procurando sentidos afins
Me obrigas a encontrar

Calo fundo esse
Ignóbil Verbo Amar
Nego as palavras,
O tempo e o modo
O Número e a pessoa
Desse verbo Amar

Persigo-te ao longe
Num modo distante
Num tempo, sem tempo
Em palavras ilícitas
Em palavras negadas
De ti esquecidas
De mim escondidas
Perdidas num olhar
Que não soube amar

Fora minha, tua alma
O Verbo Amar conjugaria
Num tempo, e num modo
No número e no género
Que se deixasse associar


Maldito verbo amar
Nada fácil de conjugar
Sentidos afins
Terei de encontrar
Em palavras ilícitas
Em palavras negadas
Para este espesso verbo amar
Nesta floresta de enganos ...
Em que teimo alma minha encontrar
9/12/06

5 Comments:

  • At 10/12/06, Blogger }}cleopatra{{ said…

    É... o verbo amar, assim descrito, é realmente difícil de conjugar...!
    Talvez com palavras ilícitas, quem sabe!
    Apesar de não o conseguires conjugar, ficou bem presente a ideia da importancia que tem o verbo amar... mesmo sem o conseguir conjugar, sem ser com palavras ilícitas...!
    Mas convém tentar... talves amanhã... tu consigas conjugar, este verbo amar...!

    Beijo soprado

    PS. É verdade, tinhas razão, aquele poema fez imenso sucesso!

     
  • At 12/12/06, Anonymous Anónimo said…

    Adorei o teu poema! Adorei a maneira como brincas com o verbo amar mostrando bem a dificuldade que por vezes sentimos em conjugá-lo como desejamos.

    Beijo grande.

     
  • At 15/12/06, Anonymous Secreta said…

    Bonito poema . O verbo Amar é dificil conjugar , mais fácil é sentir :)
    Beijito.

     
  • At 15/12/06, Blogger ...Pedaços de Mim.. said…

    ..A palavra AMAR é uma palavra forte!,geralmente é conjugada com sentimentos verdadeiros mas..hoje em dia na sociadade em que vivemos,de um modo geral é uma palavra que é usada mas não sentida b´´em cá dentro no fundo,pra mtos é dita apénas da boca pra fora,alimentando ilusões infelizmente.Pois AMAR e ser AMADA verdadeiramente assim como se designa a própria palavra és das melhores coisas que esta vida nos poderá dar!,desde que se seija correspondida,quando assim não o é será então o,sofrimento total!.Irei voltar,gostei do teu espaço,deixo-te um pedaço de carinho.Ass: luis de"pedaços de mim" e "num pedaço só junto o teu coração".

     
  • At 16/12/06, Anonymous Para ti said…

    Adorei o poema...

     

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home