No Sopé da Montanha o Arbusto Verga mas não Quebra

Todas as Descrições são Pecaminosas

sábado, setembro 02, 2006

Ausência


A tua ausência
É o vazio da Casa
Mas é também
O vazio de tudo
Falta de sentido
para tudo
É um nada acreditar
É um nada querer
É um nada fazer
É um querer e não querer
É um não fazer sentido
É um estar vivo, morto
É uma razão que grita
mas não cala o coração
É um coração que chora
É um buscar forças
No sorriso do teu futuro
2/9/06

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home