No Sopé da Montanha o Arbusto Verga mas não Quebra

Todas as Descrições são Pecaminosas

terça-feira, agosto 15, 2006

Os Meus Amigos


Os meus poucos amigos são a minha essência
Sao o sal da minha vida,
O tempero necessário,
certo e justo
Sem eles não vivo, não respiro
São tudo quanto necessito
Nos seus olhos afogo tristezas
mágoas e frustrações
Nos seus olhos sinto o rubro das emoçoes
Eles não sabem o quanto são importantes !
talvez nem saibam:
o quanto é gratificante tê-los na vizinhança do meu ser
o quanto contribuem para a minha alegria de viver
o quanto é agradável senti-los próximos
o quanto representam no meu universo
o quanto os sinto
o quanto os amo!!!
Eles também são os meus amores
Obrigado por serem o que são
Bem hajam amigos
12/8/06

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home