No Sopé da Montanha o Arbusto Verga mas não Quebra

Todas as Descrições são Pecaminosas

quinta-feira, julho 06, 2006

Doutores

Entre os doutores estive
vestidinhos a rigor
Fato e gravata
Cada um o mais puxadinho
dos seus galões possivéis
Muita era a magnificiência
mas no meio de tanta aparencia
Não dei conta de qualquer ciência
Ouvido à escuta, só me apercebi de nulidades
Daquelas bocas, daquelas cabeças pensantes
Nenhuma se aproveitava
e nada se aprendia
Tempos houve em que
escutar era aprender
abria-se a boca para algo ensinar
Hoje
Abre-se a boca para se mostar oratória
Mostrar que se sabe-la toda
Mais valia boca fechada não entrava ... nem saía asneira
Tal era a pobreza de espiríto, de cultura e falta de trabalho de casa
Santa ignorância
tamanha magnificiência
7/7/06

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home