No Sopé da Montanha o Arbusto Verga mas não Quebra

Todas as Descrições são Pecaminosas

quinta-feira, abril 12, 2007

Os Nossos Entes Queridos


A morte dos nossos entes queridos

Não é apenas
O nosso mundo
As nossas relações
A nossa afectividade
As vozes do nosso coração
Que afunilando vão

É também
Rostos, caras desfocadas
Memórias extremadas
Mundividências apagadas
Recordações nubladas

É ainda
Os jardins da nossa infância
Transformados em desertos
Roseirais depenados
Gestos, sorrisos idos
Afectos brumas feitos

A morte dos nossos entes queridos vem nos à memória
Re
Ta
Lhos

De Nós

A morte dos nossos entes queridos levam
Pe
Da
Ços

De Nós
(O Luto e a Culpa Intensificam-se
Sempre que a Música do nosso Afecto
Deixa de ser Ouvida)

4 Comments:

  • At 13/4/07, Blogger SONY said…

    Olá,venho pessoalmente te convidar para uma viagem:
    depressa vai reservar o lugar!
    Vais gostar do destino!Aceito sugestões!Do percurso!
    Um bj sony

     
  • At 13/4/07, Blogger littledragonblue said…

    A morte é apenas uma passagem para outra realidade que nós neste momento não fazemos parte.
    A vida é uma força do universa igual a muitas outras forças que existem, e deste modo, torna-se eterna enquanto o universo existir, apenas se muda de forma.
    Um beijinho e votos de um excelende fim de semana
    littledragonblue

     
  • At 14/4/07, Blogger }}cleopatra{{ said…

    Pois é Juvelina
    A morte dos nossos entes queridos
    É como se um pedaço de nós fosse arrancado....
    Ao primeiro impulso, nem queremos acreditar...
    Depois, pouco a pouco, vamos aceitando a triste realidade e deparamo-nos com uma falta imensa e uma saudade... aí apercebemo-nos do quanto importante era aquela pessoa para nós!
    Mas teremos de aprender a viver sem ela.É uma das leis da vida!

    Um beijinho e um abaraço apertadinho

     
  • At 14/4/07, Blogger ju said…

    Muito bonito mas deixou-me um pouco trite... lembrei-me dos meus entes queridos que já partiram e que tanta falta me fazem.

     

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home