No Sopé da Montanha o Arbusto Verga mas não Quebra

Todas as Descrições são Pecaminosas

quinta-feira, novembro 24, 2005

Educação


Doem, magoam e ferem, as Palavras
Diz o poeta, como punhais

As Pancadas,
Magoam ferem, muito mais

Mágoas negras e cinzentas
No jovem coração deixam

As pancadas
Duplamente sentidas
Amargas se revelam

As palavras deixam marcas cinzentas
As pancadas, essas deixam negras marcas

amemos os nossos jovens
não com palavras como punhais
nem com negras ou cinzentas marcas
mas com gestos ou palavras dignas de racionais

pois há palavras que por si
congregam vontades
animam corações
rasgam sorrisos
acarinham
mimam
amam

e

Rejubilam o fim à pancada que, algum dia, alguém deu

2 Comments:

  • At 25/11/05, Blogger Tixinha said…

    Os putos conseguem ser tão maus apenas com palavras...

     
  • At 26/11/05, Blogger JuvePP said…

    A ideia era os pais deixarem de bater nos filhos e convencê-los que é possível educar sem pancada

     

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home